.posts recentes

. Perda

. Impedimento da ambição

. Carta de Mary Quant à gen...

. Restelo

. Impacto

. Ser um Ser

. Cidade em pó

. Gente Descontente

. Maratona da Vida

. Peças da Vida

. Falta

. Ciclo Estagnado

. Ser

. Sera(o) que voltas?

. Sem Palavras

. Multiplicação em Fracção

. Público

. Amor Funesto

. Momento

. (In)Correspondencia do am...

. Reflexão Última

. Pretérito Presente

. Há algo de belo

. If I...

. Erro

. Obsession

. Reflexão última

. O avesso do meu coração

. A tristeza d'um sorriso

. Romance Pt2

. Romance

. Raining

. Dreamer

. Fall

. Não ajudes...empurra

. O poeta não é mais que um...

. Curta-Metragem

. Flaming Rose

. Meu calcanhar de Aquiles....

. A quem escreve poesia.

. Só sei que nada sei

. Felicidade

. Intenção é a minha tentaç...

. O tempo para o suamento d...

. Soneto da Saudade

. Umas são em português...o...

. Uma para nos classificar ...

. :)

. Adivinha esta para vermos...

. Querem que vos declamemos...

.arquivos

. Novembro 2015

. Setembro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Dezembro 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2011

. Fevereiro 2010

. Abril 2008

. Setembro 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

Sexta-feira, 2 de Março de 2007
Amor Funesto

Ontem chorei sete mares,
Como se de mais sete se trata-se...
No meio de soluços e suspiros,
Em que por vezes faltavam os ares...
Saía sem nexo uma palavra solta...
Algumas de ingénua revolta...
Entrelaçadas nas de pura dor...
Corpo que resiste ao coração que mata-se...
Simples palavra que me anda aos tiros...
Mau sentimento que denominam amor...

Sentimento que tantos faz vibrar...
A mim apenas causa mau estar.
De todos os momentos,
Que a memória deixa escapar,
Só são tormentos
Os que essa palavra conseguem integrar.

Sentimento feito para sorrir...
Azar o meu que me faz chorar.
Quem me dera não saber sentir
Para que ele não me possa magoar.

Muitos são os erros cometidos em seu nome.
Loucos são os corpos que se deixam levar.
Coisa que ao ouvido sussurrou-me,
E, pelas portas do coração
(Como se de uma maldição...)
Sem bater, conseguiu entrar.

Todos erram no seu mundo
E aquele que não o achar,
Que atire a primeira pedra.
E se mesmo assim atirar
Dirá apenas a verdade
Se for o "Ser Mais Profundo".

Perguntar-me-ão então onde errei.
De Mau grado vos direi,
Que a simplicidade do meu errar
É todos os dias acordar...

publicado por Amor(com)Bateador às 00:54
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De sorrisoalegre a 12 de Abril de 2007 às 15:08
oi!!
andei a cuscar o teu blog (ou deverei dzr os teus blogs...lol)...bem andei a cuscar e adorei...tão espetaculares
parabéns...bjks fica bem
De Brawnio a 3 de Julho de 2012 às 06:47
Mto bonito

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Novembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30
.tags

. todas as tags

.links
.participar

. participe neste blog

blogs SAPO
.subscrever feeds