.posts recentes

. Soneto da Saudade

. Metamorfose

.arquivos

. Novembro 2015

. Setembro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Dezembro 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2011

. Fevereiro 2010

. Abril 2008

. Setembro 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

Quarta-feira, 27 de Setembro de 2006
Soneto da Saudade

Sentado, sozinho, na escuridão,

Num quarto de paredes de saudade,

E num tempo de tristeza, da verdade,

De saber que não te tenho senão no coração...

 

E na mente, que se revolve incessante

Em memórias tuas que nunca se vão apagar

E que envolvem e aumentam a dor de pensar

Como seria, puderas tu ser aqui constante...

 

Os momentos que acontecem, espaçados

Seriam o nosso mundo actual e permanente

Se te pudesse ter, meu amor, sempre aqui

 

Assim, quedo-me com a saudade aqui fechado,

A imaginar-te comigo sempre presente...

Momentos especiais? Todos contigo. Nenhum sem ti.

publicado por Pedro Leitão às 14:28
link do post | comentar | favorito
Sábado, 23 de Setembro de 2006
Metamorfose

O que fui já não tenho, já não sou

E olho para trás, e fico desolado

E vejo o que passou, as simples sobras do passado

Com simples ar de quem o teve e o matou...

 

Passeio lento por aquilo que restou

Daquilo que era antes e fico parado

A contemplar-me, em ruínas sentado

E feito do medo do tempo que passou

 

Porque mudei, e desfiz-me do que fui

Porque abri os olhos, os braços e respirei

Pela primeira vez o ar puro da verdade

 

Em que a memória de apaga e se diluí

E só fica o momento, o que sou e o que serei

E não o passado, nem a dor, nem a saudade.

publicado por Pedro Leitão às 21:57
link do post | comentar | favorito
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Novembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30
.tags

. todas as tags

.links
.participar

. participe neste blog

blogs SAPO
.subscrever feeds